Caminhos de Ferro de Portugal

Alta velocidade ferroviária e articulação com aeroportos

AV e aeroportos

Crise aérea no Brasil está a ser utilizada como argumento de defesa para o comboio de AV entre Rio de Janeiro e São Paulo (Agência Estado, 2007)

ONG Brasileira ADTrem realiza seminários para desenvolver a cultura do TGV no Brasil (Agência Estado, 2007)

AV e aeroporto de Lisboa

Enquadramento

Projecto da rede ferroviária de alta velocidade em Portugal (RAVE, 2007, p. 3)

Estudos desenvolvidos (RAVE, 2007, p. 4)

Algumas entidades envolvidas (RAVE, 2007, p. 5)

Articulação com o novo aeroporto de Lisboa

Não se pensa que haja comboios oriundos do Porto com destino a Alcochete que não parem em Lisboa, embora é mais provável que existam comboios destinados a Lisboa que não parem em Alcochete (ou na OTA) caso o novo aeroporto constituísse uma placa giratória das linhas de alta velocidade, intercalar dos destinos princípais (Cohiba, 2007)

Argumento de que se ficaria a perder devido à paragem intercalar não é significativo, pois alguns comboios seriam rápidos e sem paragens no novo aeroporto, sendo que o aumento de percurso nestes casos aumenta em apenas alguns minutos (Cohiba, 2007)

Articulação no cenário OTA (RAVE, 2007, p. 7) ; (AECOPS, 2007)

Integração no cenário OTA (RAVE, 2007, p. 8)

Articulação no cenário Alcochete (RAVE, 2007, p. 9) ; (AECOPS, 2007)

Ligação dedicada ao novo aeroporto de Lisboa no cenário Alcochete (Alternativa A) (RAVE, 2007, p. 10)

Ligação dedicada ao novo aeroporto de Lisboa no cenário Alcochete (Alternativa B) (RAVE, 2007, p. 11)

Possíveis atrasos no projecto TGV devido ao aeroporto (AECOPS, 2007)

Propostas da CIP

Configuração proposta pela CIP (RAVE, 2007, p. 13)

Racional de configuração (RAVE, 2007, p. 14)

Simulações de tempo de percurso (RAVE, 2007, p. 15)

Custos não contabilizados (RAVE, 2007, p. 16)

Problemas de fundo não solucionados (RAVE, 2007, p. 17)

Serviço a Santarém ou Leiria (RAVE, 2007, p. 18)

Proposta penaliza todos os passageiros oriundos do conjunto populacional constítuido por Évora/Badajoz/Merida/Cáceres e também aos do Porto/Galiza, quando pretenderem uma ligação aérea inexistente no aeroporto Sá Carneiro (Cohiba, 2007)

Lacunas detectadas (RAVE, 2007, p. 19)

Mapa do estudo da CIP – solução túnel (RAVE, 2007, p. 20)

Património afectado (RAVE, 2007, p. 21)

Ideias finais

Rede de AV tem argumentos para valer por si própria e não necessita de ser totalmente condicionada pela articulação com outros meios de transporte (Cohiba, 2007)

Rede de alta velocidade como compromisso entre Portugal e Espanha (RAVE, 2007, p. 23) ; (AECOPS, 2007)

Necessidade de uma boa articulação entre a rede de alta velocidade e o novo aeroporto de Lisboa (RAVE, 2007, p. 23) ; (Cohiba, 2007)

Propostas apresentadas no estudo da CIP definidas como menos vantajosas (RAVE, 2007, p. 23)

Questões finais (RAVE, 2007, p. 24)

Carta enviada com questões sobre novo aeroporto e rede ferroviária de AV (Gonçalves, 2007)

Referências

AECOPS – Associação de Empresas de Construção Obras Públicas e Serviços. Construção deve preparar-se para o desafio TGV [em linha]. 2007. [Consult. 21 Dez. de 2007]. Disponível em: http://www.aecops.pt/pls/daecops2/pnews.build_page?text=22355167

Agência Estado. Crise Aérea é usada para defender trem-bala Rio-SP [em linha]. 2007. [Consult. 21 Dez. de 2007]. Disponível em: http://jc.uol.com.br/2007/06/29/not_143081.php

COHIBA. As voltas da Alta Velocidade Ferroviária [em linha]. Planeta Azul, Blogssapo, Lisboa, 2007. [Consult. 21 Dez. de 2007]. Disponível em: http://cohiba.blogs.sapo.pt/7552.html

GONÇALVES, Luís. 12 Questões sobre o novo aeroporto e a rede ferroviária [em linha]. 2007. [Consult. 21 Dez. de 2007]. Disponível em: http://static.publico.clix.pt/carga_transportes/noticias.asp?id=1312423

RAVE. A alta velocidade ferroviária e sua articulação com o novo aeroporto de Lisboa [PDF em linha]. Diário Económico, Lisboa, Novembro 2007. [Consult. 20 Nov. 2007]. Disponível em: http://www.rave.pt/pdf/apresentacao_2007.11.pdf

2007-12-21 05:49 Diogo Aurélio

2007-11-23 2:19 Gonçalo Besugo

2 comentários »

  1. Tema muito interessante.

    Informação disponível trabalhada.

    Uma referência.

    Referência incorrecta.

    5 pontos

    Comentar por Virgílio A. P. Machado — Dezembro 12, 2007 @ 11:48 pm

  2. Expansão de versão anterior.

    Informação disponível trabalhada.

    Várias referências adicionais.

    Subtítulos mal formatados.

    Citações e referências incorrectas.

    3 pontos

    Comentar por Virgílio A. P. Machado — Dezembro 23, 2007 @ 6:25 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: